Tirar fotos se tornou uma tarefa muito mais simples com o surgimento das câmeras fotográficas digitais. Em compensação, o nível de qualidade das fotos profissionais subiu muito também, acompanhando a evolução da tecnologia. Lentes melhores, sensores com maior resolução e maior sensibilidade de cores e níveis de iluminação estão fazendo a fotografia profissional se tornar ainda mais restrita. Apesar de tanta tecnologia, o lado artístico da fotografia ainda prevalece no momento de julgar se uma foto é boa. Não é apenas o equipamento que faz um bom fotógrafo, mas um conjunto completo de características.

Mas estando com um bom equipamento, estudando muito e fazendo os cursos certos, qualquer um pode se tornar um fotógrafo de sucesso? Não há como responder a esta pergunta de forma objetiva sem que transpareça alguma opinião pessoal, mas vou tentar analisar mais de um ponto de vista. Podemos fazer uma analogia com a profissão de jogador de futebol. Alguém que não tenha tanta habilidade em jogar futebol pode fazer treinamentos por vários anos, estudar técnicas e se tornar um jogador profissional, desde que comece bem cedo. Mas este alguém dificilmente será um jogador de destaque que impressiona por suas habilidades incomuns dentro de campo. Ele será apenas mais um jogador de futebol profissional, o que de forma alguma não é um demérito.

Na fotografia acredito que algo parecido aconteça. Alguns fotógrafos sempre tiveram a influência da arte em suas vidas, participaram desde cedo de situações que lhes exigiam um olhar artístico sobre o mundo e a fotografia como profissão acabou por vir naturalmente. O equipamento fotográfico é mera ferramenta nas mãos de um fotógrafo artista. Ele nunca precisou da da melhor câmera para fazer a melhor foto.

Por outro lado existem outros fotógrafos que começaram a estudar a fotografia para só então perceber a necessidade de olhar o mundo diferente para obter fotos melhores. A fotografia para estes apareceu como objetivo fim, como a possibilidade de uma profissão para a qual decidiram se esforçar, estudar, aprender.

Os dois casos citados são de fotógrafos de origens diferentes, nem melhores nem piores, e em todo fotógrafo há um pouco de cada um destes. Quanto mais se estuda, pratica e se passa a vivenciar a fotografia, mais se aprende e os resultados são vistos ao se comparar as fotos de hoje com as que tiramos vários anos atrás. Mesmo ignorando as melhorias resultantes apenas da tecnologia, vamos encontrar grande diferença na técnica que usamos e principalmente no olhar artístico. Este também evolui com a prática, o que me leva a uma possível resposta.

Fotógrafo de sucesso

Fotógrafo de sucesso? Você também pode ser!

Image: africa / FreeDigitalPhotos.net

Antes acho importante explicitar o conceito de sucesso nesta pergunta. Sucesso pode significar desde a singela realização pessoal de fazer boas fotos de férias quanto um objetivo profissional maior de ter um estúdio próprio e se tornar conhecido mundialmente. Cada um tem o seu patamar de ambição e ele é perfeitamente alcançável, desde que os esforços estejam no mesmo nível.

Portanto, sim! Com prática, dedicação, paixão, leitura e muito estudo, acredito que qualquer um possa se tornar um fotógrafo de sucesso!

E você? Concorda comigo? Deixe seus comentários!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)