Tirar fotos noturnas das estrelas em imagens de longa exposição tem um belo resultado, e pode melhorar consideravelmente suas habilidades como fotógrafo. Mas o que é preciso para tirar as belas fotos do céu estrelado? Quais são as técnicas e configurações da câmera para essas fotos?

Fotos do céu estrelado à noite: o que você vai precisar?

Para tirar suas fotos de estrelas, você só precisa de três coisas:

Uma câmera full-frame (para um ISO de maior capacidade)

Uma lente olho de peixe (para uma visão mais ampla do céu)

Um tripé (para a estabilidade durante 15 segundos)

Você pode fazer isso com uma câmera de sensor reduzido, sem um tripé, e sem uma lente olho de peixe. Será apenas um pouco mais difícil, e o resultado não será tão bom quanto o esperado.

Configurações da câmera para fotos do céu estrelado

Você pode tirar fotos do céu estrelado perfeitamente quase toda vez com as seguintes configurações: exposição de 25 segundos, Abertura f / 2.8, ISO 1600. Se sua lente não abrir até f / 2.8 você pode tentar 30 segundos com f / 4 e ISO 1600.

Este tipo de fotografia não funcionará se houver uma lua cheia (ou mesmo uma lua crescente). Você não deve competir com grandes fontes de luz, pois assim as estrelas serão mais brilhantes. A melhor localização para a fotografia de estrelas é na natureza, longe das luzes da cidade que causam poluição luminosa.

Como tirar fotos do céu estrelado

Fotos do céu estrelado exigem uma câmera específica e certas configurações para conseguir obter bons resultados nas fotografias. (Foto: divulgação)

Por que usar essas configurações para fotos do céu?

O componente mais importante dessas configurações é a exposição de 25 segundos. Uma exposição superior a cerca de 25 segundos começará a mostrar trilhas das estrelas no céu. Fotografar as trilhas das estrelas é um tipo legítimo de fotografia, mas não o tipo de fotografia que você está tentando fazer aqui. Uma vez que você está limitado a cerca de 15-25 segundos para a velocidade máxima do obturador, você ainda precisará deixar entrar mais luz no sensor. A maior abertura que você pode encontrar em uma lente olho de peixe é de f / 2,8, e a sua imagem pode não ser brilhante o suficiente para olhar deslumbrante. Então é aqui que a ISO entra em jogo. Em uma câmera full-frame você pode usar uma ISO de até cerca de 2000 sem ver muito ruído. Você aprenderá como reduzir o ruído no usando um aplicativo de edição de fotos.

Edição de fotos do céu estrelado

É bom dar uma retocada em programas de edição de fotografia depois de tirar fotos. Geralmente, você deve aumentar a exposição e usar a redução de ruído na edição para reduzir quaisquer “ruídos” indesejáveis, como os pixels brancos, vermelhos ou azuis que aparecem quando você empurra usa uma ISO alta.

Se você quer enfatizar as estrelas na sua foto, é bom aumentar os tons de branco e reduzir os pretos. Aumentar a clareza da foto também ajuda a destacar as estrelas em relação ao céu. Na saturação, é bom aumentá-la um pouco para destacar as cores do céu estrelado. Para toques especiais, aumentar a nitidez da imagem ajuda no destaque das estrelas, bem como a redução de ruídos e a manipulação da cor cinza para esconder os pequenos defeitos que possam surgir.

Aqui é onde você pode se divertir com a edição. Brincar com os controles deslizantes de tonificação dividida vai fazer as cores em seu céu parecerem mágicas. Sabe aqueles céus coloridos que você vê nas fotos de redes sociais? É assim que os fotógrafos consegue: brincando com as configurações.

Finalizando as suas fotos do céu estrelado

Você também pode alterar a cor do céu, brincando com a temperatura e controles deslizantes de tonalidade para ter lindas fotos das estrelas. Cada configuração te dará efeitos diferentes, e que são altamente desejados.

Outra dica que damos é fotografar suas estrelas dentro de um contexto. Realmente é muito mais bonito quando as estrelas contam uma grande história, como quando há a silhueta de uma árvore ou uma casa no fundo, e mostra a magnitude da cena quando você tem um objeto em primeiro plano para comparar com as estrelas. Tente brincar um pouco também com os tipos de lentes que você usa na exposição.

Por último, certifique-se de saber qual o sentido da Via Láctea. Você pode usar um aplicativo como Sky Map para ver exatamente quais as estrelas estão no céu acima de você.

Divirta-se fotografando e compartilhe seus resultados e configurações com a gente, nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)