O meu tipo favorito de fotografia são as fotos noturnas das estrelas. Basicamente, são fotos de longa exposição, para quem entende o que isso significa. Para quem trabalha com fotos, é importante ter certeza de tirar fotos para se divertir e relaxar um pouco, sendo gratificante e também te ensinando algumas habilidades cruciais de fotografia  Mas como tirar as fotos de estrelas?

O que você precisa para tirar fotos do céu de noite?

Para tirar suas fotos de estrelas, você só precisa de três coisas:

Uma câmera de quadro completo/full frame (para melhores capacidades de ISO)

Uma lente de olho de peixe/fisheye (para a visão mais ampla do céu)

um tripé (para estabilidade durante 15 segundos de fotos)

É claro que você pode fazer isso com uma câmera de sensor reduzido, sem um tripé e sem uma lente de fisheye. Será apenas um pouco mais difícil e o resultado será um pouco pior do que você desejaria.

Configurações da câmera para fotos do céu estrelado

Você pode tirar a melhor foto quase todas as vezes com estas configurações: exposição de 25 segundos, f/2.8 e ISO 1600. Se sua lente não abrir para f / 2.8 você pode tentar 30 segundos em f/4 com ISO 1600. Esse tipo de fotografia não funcionará se houver uma lua cheia (ou mesmo uma meia lua). Não compita com grandes fontes de luz ou as estrelas ficarão sobrecarregadas. A melhor localização para a fotografia de estrelas é uma saída na natureza, longe das luzes da cidade que causam poluição luminosa.

Por que usar essas configurações?

O componente mais importante dessas configurações é a exposição de 25 segundos. Uma exposição maior que cerca de 25 segundos começará a mostrar trilhas de estrelas. Fotografar trilhas de estrelas é um tipo legítimo de fotografia por conta própria, mas não o tipo de fotografia que você está tentando fazer aqui. Uma vez que você está limitado a cerca de 15 a 25 segundos de velocidade máxima do obturador, você ainda precisa deixar entrar mais luz. A maior abertura que você pode encontrar em uma lente de fisheye é f/2.8, e ainda assim sua imagem pode não ser brilhante o suficiente para parecer deslumbrante. Então, é aí que as configurações ISO entram em jogo. Em uma câmera de quadro completo você pode levar o ISO até cerca de 2000 sem ver muito ruído nas fotos. Você aprenderá a reduzir o ruído com softwares ainda neste artigo.

Foto do céu noturno

Para tirar uma foto como essa você vai precisar trabalhar um pouco nas configurações da câmera para os melhores resultados. (Foto: thenightsky.com)

Edição de fotos do céu noturno

Você pode fazer um bom retoque depois de tirar suas fotos. Normalmente, as melhores edições aumentarão a exposição por uma parada ou mais e usarão a redução de ruído para reduzir qualquer “ruído” indesejado  Não é nada muito difícil de achar e nem de fazer, algo que qualquer usuário iniciante de softwares de edição pode ser capaz.

Rastros de estrelas

Para formar os rastros de estrelas, você vai precisar reduzir o ruído da foto e aumentar o tempo de exposição. (Foto: Photographing Space)

Uma boa edição para fazer é aumentar os tons de branco e baixar os tons de preto. Isso é feito quando você realmente quer enfatizar as estrelas contra o céu escuro e essa é uma boa maneira de fazer isso. Empurrar a clareza a níveis mais altos também ajuda a definir as estrelas contra o céu, tornando-as agradáveis. Aumente a saturação para trazer as cores que estão no céu.

Aperfeiçoei a imagem um pouco também vai enfatizar as estrelas. Ao mesmo tempo, você deve criar a redução de ruído para suavizar alguns dos ruídos que podem aparecer, junto com mostrar mais as cores para a melhor suavização.

Dicas profissionais para fotos noturnas

Aqui é onde você pode se divertir com a edição. Jogue com os controles deslizantes de tonificação divididos para que as cores do seu céu pareçam mágicas. Por exemplo, você pode ver um pouco de turquesa na parte inferior do céu se aumentar essa cor no controle deslizante da tonificação

Você também pode afetar a cor do céu brincando com os controles deslizantes de temperatura e matiz para obter algumas fotos de estrelas de aparência bonita.

Outra dica profissional é tirar suas fotos dentro de um contexto. Realmente conta uma história ao poder ver uma silhueta na parte da frente de uma fotografia, e mostra a magnitude da cena quando você tem um objeto no primeiro plano para comparar com as estrelas.

Por fim, certifique-se de saber em que direção é a Via Láctea. Você pode usar um aplicativo de celular para ver exatamente quais estrelas estão no céu acima de você.

Não se esqueça de compartilhar os resultados conosco depois!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)