Este assunto é chato para uns e fascinante para outros. Entender o funcionamento do mecanismo de cada peça, conhecê-las e tentar imaginar como é possível esta quase magia que é capturar uma imagem, muitas vezes pode ser muito interessante até mesmo pra você que não tem tanta curiosidade quanto a isso.

Você que é um apaixonado por fotografia devia conhecer bem cada componente de seu equipamento, isso certamente poderá lhe ajudar em diversos momentos. Quanto mais se conhece um equipamento, mais recursos e utilidades você enxergará nele.

Que tal conhecermos então as peças que fazem realizar esta “magia”? Entenda a seguir cada peça e componente desta magnífica invenção do homem. Vamos seguir o caminho que a luz percorre ao entrar na câmera.

Corpo da câmera

Como o próprio nome diz é parte física do equipamento, onde estão os botões de ajustes e opções, o sensor, o visor, o obturador e todas as entradas de cabos, cartões de memórias, flash e etc.

Objetiva

Podemos considerá-la uma das partes mais importantes deste equipamento. É a responsável por fazer a transição e orientação de luzes pelo seu conjunto de lentes. Desta forma ela ordena a película fotográfica ou o sensor, formando assim a imagem.

Você deve lembrar que cada modelo de câmera tem formatos diferentes, quantidades de botões diferentes e muitas outras diferenças.

Este exemplo que vamos passar aqui é apenas para você ter uma noção da quantidade de itens externos e internos existem em seu equipamento.

Partes de uma câmera fotográfica

Infográfico completo de uma câmera fotográfica

Após ver estar super imagem, você deve estar encantado com a capacidade que tiveram de unir tanta coisa e dar vida a este sensacional equipamento não é mesmo? Você deve pensar que quanto mais complexa for à máquina, mais peças ela terá. Agora da pra ter uma idéia da diferença de preço e os motivos.

Vamos então continuar te informando sobre as partes principais de uma máquina fotográfica e suas funções.

Diafragma

Você certamente já se pegou admirando o funcionamento das lentes, aquele abre e fecha que acontece no momento que se altera o zoom. Estamos falando do diafragma, ele é uma estrutura que fica no interior das objetivas. Seu papel é importantíssimo, ele deve controlar a quantidade de luz que passa.

Obturador

Muita gente costuma confundir o obturador com o diafragma.  Este item é responsável por controlar o tempo de exposição do sensor a luz. Ao acionarmos o disparador, ele vai permitir apenas a entrada ideal de luz para ser captada pelo sensor digital ou pelo filme.

Visor

É aquela pequena tela que permite que você veja as imagens antes e depois de serem capturadas. O seu tamanho e qualidade varia bastante dependendo de cada modelo de câmera.

Sensor

Ele funciona nas câmeras digitas como os filmes funcionavam nas câmeras antigas. Ele é responsável por receber toda a luz recolhida pela objetiva. Assim que ele recebe os raios luminosos, os pixels que são sensíveis à luz captam a cena e forma assim a imagem pronta.

Muito bacana entender tudo isso, eu particularmente gostei bastante de aprender junto de vocês todas estas informações e já estou bem curioso para saber muito mais do mundo digital e vocês? Para isso, basta ficarem ligado em nosso site e não perder nenhum artigo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)